Conheça os benefícios da Sociedade Anônima na proteção patrimonial

Quando falamos da constituição de holdings podemos ter dois tipos societários: Sociedade Limitada ou Sociedade Anônima. No entanto, apesar do tipo de Sociedade Limitada ser o mais utilizado, a Sociedade Anônima pode ter mais benefícios aos sócios desta holding, conforme você verá a seguir. 

Se você está buscando saber mais sobre holdings e proteção patrimonial, pode ler um artigo completo sobre isso clicando aqui. 

O que é uma Sociedade Anônima?

Antes de vermos os benefícios de uma Sociedade Anônima, é importante entendermos como funciona esse tipo societário. 

A Sociedade Anônima é o tipo societário onde as cotas dos sócios são chamadas de ações, que podem ser negociadas no mercado financeiro. Essas ações podem pertencer a pessoas ou a empresas.

Um outro ponto importante de destacar é que essas sociedades podem ser de capital aberto, quando há negociação das ações na Bolsa de Valores, e que podem ser livremente oferecidas a terceiros, ou de capital fechado, quando as ações não são negociadas ao público, sendo esta modalidade de capital a utilizada na proteção patrimonial. 

 

Benefícios da Sociedade Anônima na proteção patrimonial

Quando falamos em proteção patrimonial, o uso de Sociedade Anônima pode trazer dois benefícios principais aos sócios que a Sociedade Limitada não permite.

O primeiro benefício é a menor burocracia. Pela desnecessidade de registrar os seus atos societários na Junta Comercial, a Sociedade Anônima acaba sendo menos burocrática e mais flexível aos sócios, já que muitos dos seus atos societários ficam arquivados na sede da empresa, ao invés de serem registrados na junta comercial. Isso significa maior sigilo, já que um registro na junta comercial tornaria o documento público, principalmente documentos relacionados aos acionistas e suas ações.

Sócios Anônimos

O segundo benefício, é em relação à exposição dos sócios. Conforme o próprio nome já diz, as sociedades anônimas trazem uma certa ocultação do nome dos sócios, não como uma forma de burlar os credores, mas sim como uma forma de proteção dos nomes dos sócios que a constituíram, principalmente para que se tenha o máximo de sigilo sobre o patrimônio e quem o possui, isso garante muito mais segurança aos sócios. Portanto, se esse for um ponto importante para o possuidor do patrimônio, a Sociedade Anônima é o tipo societário mais adequado. 

A Sociedade Anônima pode ser uma ótima opção para a constituição da sua estrutura patrimonial, mas caso opte por essa opção é de extrema importância que busque algum profissional qualificado na área para te auxiliar nesse processo, já que a constituição desse tipo societário possui alguns detalhes específicos que exigem um conhecimento especializado.

Ficou com alguma dúvida? Entre em contato e fale conosco!

Artigo elaborado por Raul Bergesch Advogados – OAB/RS 7.723 | Advogados especialistas em direito empresarial e societário.

Fale com nossos Advogados!

Preencha o formulário abaixo e entre em contato conosco:

Fale Conosco.

Tem alguma dúvida? Preencha o formulário abaixo e entre em contato conosco!

51 3039 3500

contato@ber.adv.br